Enoturismo

Enoturismo

História do Vinho de Favaios

O afamado Moscatel de Favaios, derivado da casta do Moscatel Galego, é produzido na localidade desde o século XVIII, sendo neste momento o principal impulsionador da economia local, refletindo-se em todas as facetas da aldeia. Suave é o seu aroma, doce é o seu néctar.

Os seus aromas florais crescem a mais de 600 metros de altitude, com a doçura das suas gentes a entrelaçar-se com o terreno dotado de caraterísticas únicas, elevando-se pelos declives suaves da paisagem circundante.

A história do Moscatel é uma história de suor. De lutas inimagináveis e da força de vontade. O néctar provém da terra, mas é elaborado pelo coração. Em tempos idos, decretou-se que o Moscatel não deveria ser criado nos terrenos de Favaios, pois detinham uma altura superior ao que era decretado pelos poderes que regiam a produção dos vinhos.

Mas o sentimento do povo de Favaios era maior que as adversidades, e com isto, criou-se a instituição que é hoje um dos pilares da comunidade, a Adega Cooperativa de Favaios, em 1952, com os pequenos e grandes produtores a juntarem-se em prol de um sonho.

O sonho que hoje é uma realidade. E que chegou a todo o Mundo.

Moscatel de Favaios

Terroir

A ligação do Moscatel de Favaios ao território é inegável. O terroir influencia o sabor tão caraterístico deste vinho, com o clima, o solo e o aspeto do mesmo a munirem o néctar da sua doçura inigualável. A casta consegue atingir a mais de 600 metros de altitude, num terreno fértil e pedregoso, rodeado por um clima fresco, um nível de açúcar e de aroma forte e proeminente, dotando o néctar de uma doçura enternecedora, com pequenos toques a mel e compotas, retocados por tons discretos de laranja, tangerina, damasco e manteiga.

As caraterísticas da casta influenciada por este terroir único permite também que a mesma seja utilizada na criação de espumantes e vinhos brancos secos bastante apreciados.

favaios-59-2.jpg favaios-2210-2.jpg
Alojamento Local
Restauração

Museu do Pão e Do Vinho

Englobada neste singelo lugar, existe uma história que necessita de ser contada. Uma história assente em valores e nos sonhos dos seus habitantes. O Museu do Pão e do Vinho, instalado num edifício datado do século XVIII, interpreta de forma dinâmica a história do vinho de Favaios e do pão de Favaios, procurando transmitir os processos e vivências de dois dos principais ativos da aldeia.