Cultura

Cultura de Favaios

Favaios é linda terra

E não há outra igual.

Favaios mais bela aldeia

Deste nosso Portugal.

“Lindo Favaios,

Terra de fornos, padeiras,

Do branco trigo aloiado,

Floridas verdes campinas

Pelas íngremes colinas.

O seu vinho é do afamado

Sua esguia e alta torre

No velho cimo da rua

Fita largos horizontes

Parecendo escutar

O suave murmurar

Da água das suas fontes.”

Cultura de Favaios

A 'vila' histórica de Favaios, atualmente conhecida como 'aldeia vinhateira', é um daqueles lugares com uma identidade muito própria, onde se expressam vestígios marcantes da sua 'nobreza'. Envolvida em múltiplas referências patrimoniais, valores e tradições que se perdem no tempo, e que carregam até aos dias de hoje o espírito empreendedor e mobilizador das suas gentes. Uma 'vila' implantada no planalto duriense que oferece uma aura única, cujo património cultural, material e imaterial testemunha esta singularidade.

Igreja Mosaico.jpeg favaios-821-2.jpg IMG_8898.jpeg IMG_8819-2.jpeg

Pontos de Interesse da Freguesia de Favaios

1 / 10

Religião de Favaios

Os marcos religiosos existentes na ‘vila’ de Favaios refletem o envolvimento espiritual existente, numa região marcada por uma pluralidade cultural extremamente significativa. A placidez encontrada neste recanto do planalto duriense influenciou a procura de conforto espiritual, nas suas mais diferentes manifestações, com a Igreja Matriz de São Domingos, reconhecida pela sua imponente torre cimeira, a tomar um lugar de destaque. A profundidade histórica da localidade permite que o património religioso existente reflita diferentes estilos culturais, com as capelas e marcos religiosos a exprimirem traços arquitetónicos distintivos, que elevam a preponderância cultural da aldeia e contribuem para a integração de Favaios como um local de intensa riqueza espiritual e cultural.

Capelinhas de Favaios

Vistas ao entardecer

Todas doiradas de luz

Do Sol a desaparecer

IMG_8883-2.jpeg Igreja Interior.jpeg

Religião

Teatro

É usual afirmar-se que o teatro é uma maneira eficaz de educar o público. O teatro é, por vezes, a manifestação real dos sonhos, evidenciado pelo olhar, pelo caminhar, pelo expressar de um ator que tenta invocar sentimentos numa plateia que avidamente tenta desligar-se dos seus problemas quotidianos, embrenhando-se numa aventura de fantasia. A tradição cultural de Favaios encontra-se interligada com o teatro de uma forma impossível de desassociar, revelando mais de um século de existência. O Teatro António Augusto Assunção, implantado em 1919, já foi palco de diversas peças de inegável valor, com a presença de reconhecidos atores de dimensão nacional e internacional. Desde 2006, o grupo OFITEFA – Oficina Teatro de Favaios cumpre a missão de dinamizar e impulsionar esta arte, levando o nome de Favaios aos mais diversos palcos, criando espetáculos de inegável qualidade.

Teatro

Teatro Favaios.jpeg

Teatro de Favaios

Inaugurado em 1919, o teatro é um dos pontos de referência cultural da localidade, com capacidade para 400 espectadores, destacando-se a boca de cena com a sua ‘tela’ personalizada com uma pintura representativa do centro histórico de Favaios. Este espaço de cultura já foi palco de peças de renome, com representações de diversos profissionais como Alves da Cunha, a Companhia de Dança de Lisboa, entre outros.

Padarias

A ‘vila’ de Favaios possui diversas faces, diversos traços representativos do sentimento das suas gentes e do poder de superação das mesmas. O Pão de Favaios é uma dessas faces. Impulsionado pelo acreditar, pelas memórias e pelo sentimento da povoação, as tradições de gerações perpetuam-se ainda hoje na localidade, tomando a forma do pão de quatro bicos, que tão apreciado é por todos aqueles que o provam. As padarias de Favaios possuem o desígnio de continuar a produzir o pão, em conjunto com as reconhecidas bolas de carne, sempre apoiadas nos ensinamentos ancestrais e nas técnicas utilizadas durante tantos anos.

Padarias Tradicionais de Favaios

Um dos mais marcantes traços da identidade de Favaios passa pelo seu afamado pão, o denominado trigo de ‘quatro cantos’, produzido nas tradicionais padarias locais, em fornos a lenha, em que a ‘arte e o engenho’ da sua confeção remontam aos antepassados e foram preservados no tempo pela partilha destes ensinamentos de geração em geração como que se de ‘tradições orais’ se tratasse. As padarias tradicionais de Favaios são também um local de visita obrigatória, proporcionando aos visitantes uma experiência verdadeiramente autêntica, selada com a prova do produto.

Padeira

Património Monumental

A relevância histórica da ‘vila’ de Favaios está evidenciada no seu extenso património material monumental, edificado durante os vários séculos de ocupação humana no território. A história de Favaios é contada através destes importantes marcos arquitetónicos, como a fonte manuelina, edificada algures durante o reinado de D. João VI (confirmar com o museu), os marcos pombalinos ou as casas senhoriais, que comprovam a nobre linhagem que marcou Favaios, impulsionando o desenvolvimento da mesma e prosperando no imaginário e nas memórias das comunidades locais e dos que a visitam. A longevidade da história da região vai até ao período romano, com o Castro Vilarelho, disposto num dos locais mais altos de Favaios, a ser um apontamento de elevado interesse.